Perder medo de dirigir: as principais dicas

Veja algumas dicas de como perder o medo de dirigir antes de ficar pensado: “só eu tenho medo de dirigir!”. Saiba que no início, todos temos certa dificuldade em perder esse medo. De início o nosso maior medo é aprender a dirigir, mas depois, esbarramos em outra dificuldade: quando aprendemos, demora um certo tempo até peguemos confiança em nós e no veículo.

Medo de dirigir? entenda como superar.Esse medo de dirigir vai passando a cada dia, conforme você adquire mais experiência. Quer um exemplo? você nasceu sabendo andar de bicicleta? não? que legal, hoje você sabe andar que é uma maravilha, mas para isso você precisou superar seu medo! Detalhe: se você (assim como eu) não sabe andar de bicicleta, desconsidere esse exemplo e pense em outro que você conquistou na sua vida.

O medo de dirigir virou tema de várias reportagens, a qual destaco essa:

Mas para muitas o medo de dirigir se torna uma coisa quase impossível se superar. O medo de sair com o carro até mesmo da garagem pode ser aterrorizador. Para perder o medo de dirigir você deve ter autoconfiança, mas como adquirir ela se você treme toda vez que vê o carro? E esse medo de dirigir com vários outro carros, pegar uma estrada, pagar um “mico”, faz com que muitos motoristas virem verdadeiros motoristas de garagem, sintoma esse chamado de “síndrome do carro na garagem” por alguns especialistas.

Pensando nisso alguns profissionais criaram cursos com o objetivo de eliminar esse medo. Um deles que eu acho muito bom é o Curso perca o medo de dirigir.

 Perder o medo de dirigir é sim possível!

Mas infelizmente não tem fórmula mágica. Para perder o medo de dirigir você tem que PRATICAR. E praticar muito! Mas aqui trago as algumas dicas que  encontrei no site psicoloucos. Espero que te ajude:

1 – Comece a dirigir em locais mais calmos, com pouco trânsito.
2 – Ande inicialmente com seu pai, mãe, amigo. Alguém que lhe traga confiança.
3 – Se quem está tentando lhe ensinar é nervoso, procure outro professor.
4 – Tenha calma e não faça nada no desespero ou com pressa. Siga todos os passos ensinados na auto-escola.
5 – Não pare de praticar, a pratica leva a perfeição e assim aos poucos você acaba perdendo o medo de dirigir.
6 – No começo, escolha um ou dois trajetos. Isto evitará ansiedade.
7 – Marque em sua agenda, pelo menos duas vezes por semana para praticar o exercício de dirigir. Esta prática deve ser considerada como uma tarefa do dia-a-dia. O hábito diário fará você adquirir confiança.
8 – Quando se sentir confiante, inicie trajetos maiores ou que tenham subidas e uma maior quantidade de veículos.
9 – Não se assuste com os sintomas da ansiedade que se manifestarão no seu corpo: tremedeira, taquicardia, transpiração. Elas tenderão a diminuir.
10 – Dirija inicialmente para você. Não tente provar nada para os outros. Isto diminuirá as expectativas sobre você e baixará a ansiedade.
11- Tenha autoconfiança, tente esquecer do seu medo na hora de dirigir
12- Dirija por você e pelos outros. Assim você tomará o máximo de cuidado no transito e evitará problemas
13- No início, tente procurar locais isolados ou com pouco movimento, até se sentir mais confiante
14- Procure ter calma, não faça nada as pressas, principalmente no transito
15- Saia para dirigir na cidade em períodos/dias de menor movimento
16- Saiba que ninguém nasce sabendo, então pratique sempre, assim você perderá seu medo.
17- Se você notar que nenhuma das dicas acima serviram para você, procure um profissional para orientá-lo psicologicamente.

 

Informações adicionais:

Este teste eu achei no site mdemulher.abril e achei bem importante que você o faça:

Qual destes sintomas você sente ao entrar no carro?

· Taquicardia
· Boca seca
· Suor excessivo
· Tremor
· Vontade de fazer xixi
· Dor de barriga
· Ânsia de vômito
· Formigamento nas mãos, nos pés ou nas pernas
· Dor de cabeça

Atenção: Se você marcou cinco ou mais dos sinais acima, está na hora de buscar ajuda especializada para superar esse medo e ser uma motorista segura e independente.

Espero que este artigo tenha lhe ajudado, abraço e até breve.

luiz

Formado em administração, filho, pai e esposo dedicado. Fanático pelo corinthians, viciado em internet e gosta de analisar investimentos, seja de baixo, médio ou alto risco. Criou este site para compartilhar informações sobre dúvidas que surgem no dia a dia.

Website: http://portaldedicas.com.br

23 Comments

  1. Fernanda Adalberto Torres

    Obrigado pelas excelentes dicas, ganhei um carro estes dias e ainda não tive coragem nem de sair da garagem…rsrs

    • Vamos praticar…rsrs. Na realidade todo começo é assim, pra perder o medo de dirigir é preciso treinar pelo menos um pouquinho todo dia, quando pensar que não, já estará bem afiada! abraços

  2. Juciano

    Obrigado pelas dicas, ganhei um carro pelos meus 18 anos mas nem sei pr aonde vai e o pior que meus amigos que ja sabem dirigir ficam rindo tanto por nao saber e ter medo. vou entrar na auto escola pra perder esse medo de dirigir, mas mesmo assim muito obrigado

  3. amanda luiza

    meu medo é bater em outros carros

    • Com o tempo o medo vai passando, o importante é treinar.

  4. renilda

    Luiz muito obrigada pela dicas. Eu tenho carteira há um ano e meio quase, mas se dirigi uns 3 meses sozinha foi muito. Estav indo aos poucos pra academia e mercado, mas um dia tive uma crie convulsiva e meu neurologista proibiu dirigir por um tempo, por evitar ate ter no transito. Hoje ele ja me liberou mas sinceramente travei, so de pensar e sair eu fico suando frio, mas quando sai cumpro meu objetivo chegar ao lugar que programei. E outra coisa que voce fala no seu blog e a expectativa porque eu quero dirigir bem e para agradar eu marido, que ele sinta orgulho de mim, pois ele me deu o carro com muito amor e sei que ele fica triste d ve-lo mais na garage ou emprestando para alguem. Obrigada
    Coloquei na minha cabeca que a partir dessa segunda vou todo dia dar uma voltinha aqui no bairro e praticar a descida que me assusta muito, deixar o carro voltar e bater nos outros. Deus te abencoe!!! Te conto eu progresso depois…

    • Trace metas diárias, e quando você achar que já domina essa volta no bairro, expanda um pouco mais a área. Em breve quero ver você aqui de volta no blog falando dessa conquista.
      …abraço e até breve. Sucesso sempre.

  5. Priscila Poliana Turcci

    tenho medo de dirigir também esse ano vence minha carteira kkkk vou tentar seguir essas dicas !!

    • Como tudo que vamos fazer, no início dá aquele frio na barriga, mas com o tempo até esquecemos do medo…abraço e até breve. Sucesso sempre.

  6. jose roberto

    muito obrigado pelas dicas, estou comprando moto e precisarei enfrentar traumas passados. Seguirei a dicas de conduzir em horario de pouco movimento. É preciso treinar o dominio do veiculo, principalmente ao pisar no freio. Motor bem regulado nao morre a toa, se acontecer, de partida novamente (desengatado). Os riscos em cima de uma moto sao maiores, exigem toda atençao e principalmente zero de ingestao de bebida alcoolica.

    • Olá José Roberto, nunca tive muita “desenvoltura” com moto, mas vá seguindo as dicas, principalmente em conduzir em locas mais calmos e aumentando aos poucos, abraço.

  7. Luiz, não que eu tenho medo de dirigir, depois q tiro da garagem, e estou dirigindo pra mim é normal só suor excessivo, mas acho normal.
    O problema é tirar da garagem, e se eu marcar pra sair amanhã as 8hs da manhã, não durmo a noite toda, viro pra lá e pra cá, de manhã uma taquicardia louca, fico ansiosa nervosa, vou no banheiro 65 vezes por minuto … kkkkk.
    Será que tenho solução ???

    • Esse suor excessivo (no meu caso) era nervosismo. Eu também passei por estes sintomas, que só vieram a passar depois de vários meses dirigindo. Com relação a ansiedade, eu também sou assim, quando vou viajar não consigo praticamente dormir. Outro dia fiz uma viagem com minha esposa e cunhada pra Natal – RN e fiz uma viagem de mais de 5 horas tranquila, sem nenhum medo, porém fico ansioso.

  8. Carolina Éboli

    Olá Luiz muito obrigado pelas dicas, eu tirei minha permissão a exatamente 2 meses, e quando estava na auto escola eu não tinha medo nenhum pelo contrario como dizia meu instrutor dirigia igual a piloto de fuga rsrsrsrs tanto que tirei a permissão em 5 meses, depois que ela chegou em casa meu comportamento mudou eu sinto um medo absurdo, pelo bairro até ando mais quando tenho que ir ao centro da cidade e vejo aquele monte de carro me apavora sinto muito medo, tenho vontade de chorar( já fiz isso algumas vezes chorei) agora só sei dirigir descalço o calçado me da uma sensação de que meu pé vai escorregar dos pedais, porque será que isso esta acontecendo comigo? me ajuda Luiz. obrigado pela atenção

    • Olha, você descreveu exatamente como minha esposa está. Estou ensinando ela a dirigir e ela tem muito medo. Vou dizer como estamos fazendo pois ela disse que melhorou muito sua confiança.
      De início, só dirija com alguém de confiança do lado, detalhe: não pode ser uma pessoa que te deixe mais nervosa, por exemplo alguém que fica gritando ou xingando. Com relação ao tênis, minha esposa só consegue descalça, logo eu esperei que ela pegasse mais confiança e, agora que ela está mais calma, dirige com aqueles tênis “rasteiros”, tipo rainha de futsal. E não dirija de início por locais cheios de carros, só vai te deixar mais nervosa. Primeiro dirija por locais tranquilos e a partir daí você vai para locais mais movimentados aos poucos. Espero que essas dicas sirvam pois está ajudando muito minha esposa. Abraço

  9. Daniela Priscila Henriques

    Assim que tirei carteira, comecei a dirigir, dava muita manota claro, mas mesmo assim dirigia, mas agora estou com bastante medo, tenho medo de passar marcha em morro e sair da garagem.

    • Arrume um lugar tranquilo pra treinar (com alguém de confiança), e só ande na cidade quando estiver tranquila (em locais sossegados). Em breve espero você aqui para dizer que deu tudo certo. Abraços

  10. Fabio Vicentini

    TREINAMENTO PARA HABILITADOS. SANTOS (13) 3467-9848.
    (13) – 34679848.
    Localiza-se em Mongaguá/SP

    Entrar em Contato com Fabio Vicentini

    ESCOLA FV.FABIO VICENTINI TREINAMENTO PARA HABILITADOS.

    ATENDEMOS: Cubatão – Santos – São Vicente – Praia Grande – Mongaguá.

    Hoje em dia é comum a figura do Personal Trainer, aquele profissional que ajuda pessoalmente e quase que diariamente o cliente a manter sua forma física. Mas o que pouca gente conhece é o serviço de Personal Driver.

    Este é o trabalho realizado pelo instrutor Fábio Vicentini. O curso é voltado para pessoas que tem algum tipo de dificuldade, falta de confiança ou restrição para dirigir.

    O serviço é pioneiro e exclusivo na região metropolitana de São Paulo. As aulas são individuais e o instrutor busca o aluno em casa, no trabalho ou onde ele estiver para todas as atividades.

    No início do curso o instrutor avalia a habilidade do aluno e a partir daí desenvolve o melhor planejamento de trabalho, que inclui noções básicas de dirigir, situações do dia-a-dia e viagens em auto-estradas.

    Ao final do acompanhamento do Personal Driver, o aluno estará totalmente apto a enfrentar o trânsito das maiores metrópoles, bem como realizar grandes viagens com tranqüilidade e segurança.

    É importante lembrar que o aluno precisa ser habilitado e o curso não substitui as aulas obrigatórias e todo o processo para adquirir a habilitação.

    O programa de Personal Driver segue o nome bem à risca. Todas as aulas acontecem no sistema de Delivery Class, no qual o instrutor vai ao encontro do aluno, onde quer que ele esteja. O curso é tão personalizado que é o próprio cliente quem faz o seu horário.

    Para que o curso seja mais produtivo é fundamental que o aluno se sinta à vontade para aprender com naturalidade. Fábio Vicentini dá toda a estrutura necessária com carros que possuem ar-condicionado, direção hidráulica e sempre uma música relaxante no cd player.

    Além da estrutura diferenciada no sistema de aulas e nos carros utilizados no curso, outra grande diferença entre o serviço de Personal Driver e as tradicionais aulas para habilitados é a didática.

    Transmitindo sempre calma e tranqüilidade, Fábio Vicentini passa o conteúdo das aulas com clareza e precisão aos alunos. A aprovação até hoje é de 100%.

    O acompanhamento do Personal Driver tem carga de 20 horas-aulas, distribuídas conforme a disponibilidade e necessidade do cliente.

    O curso é dividido em três partes: técnicas básicas de direção, reprodução das situações do dia-a-dia e desenvolvimento de técnicas em estrada.

    Assim como numa avaliação física, Vicentini usa as primeiras aulas para enxergar como está a dirigibilidade do aluno e então fazer uma programação mais adequada a cada um.

    No início o Personal Driver desenvolve o controle dos pedais e a técnica de dirigibilidade do cliente. Estes fatores geram mais controle, segurança e facilitam a condução do veículo em situações comuns, como subidas, retomadas, contorno de curvas, desvios, mudanças de faixas e ultrapassagens.

    Após afiar a técnica para condução do veículo, o aluno passa a simular as situações que encontra no seu dia-a-dia, para se familiarizar e não ser pego de surpresa. Esta consiste em idas ao supermercado, à faculdade, ao shopping ou ao trabalho.

    Preparado para enfrentar o trânsito de uma metrópole, o aluno chega à fase final, que é aplicar seus conhecimentos na estrada. O encerramento é uma viagem, no carro do cliente, ao litoral sul de São Paulo, passando por Praia Grande, São Vicente – com parada no topo da Ilha Porchat – e Santos.
    Os alunos da baixada sobem a serra indo até São Paulo.

    Fábio Vicentini está ligado com educação ao volante há mais de 15 anos. Ele iniciou seu trabalho como instrutor em 1996, dando aulas para futuros pilotos de carros e de motos. Neste mesmo ano ele fez parte da equipe de resgate do GP Brasil de Fórmula 1.
    Faz parte do CEOC. Centro de Exelência de Oficiais de Competição reconhecida pela FIA.

    Em 1996 Vicentini iniciou seu trabalho como instrutor de direção defensiva e instrutor de teste driver (função exercida na BMW e na Volvo,GM,BMW,Ford,Kia e em 1998 passou a realizar o xclusivo serviço de Personal Driver.

    Ele também atua como piloto e instrutor de Test Drive, tanto de motocicleta quanto de carros. Atualmente também ministra aulas práticas de pilotagem competitiva na Alpie – Escola de Pilotagem, no autódromo de Interlagos, em São Paulo.

    Contato: (13) 34679848. (13) 99787-8976.

  11. arlene

    tenho pavor de dirigi so consigo dirigi carro da auto escola com o professor do lado vou bem mais no meu carro so de pensar eu tremo muito carro na garagem e eu andando de onibus e a pe queria tanto conseguir ir almenos no mercado perto de casa

    • Tudo só fica fácil com a prática, siga as dicas e só procure tratamento se realmente não conseguir. Se já é habilitada, procure sair por locais pouco movimentados acompanhada de alguém de confiança. Sucesso!

  12. Vicentini

    ESCOLA FV.FABIO VICENTINI TREINAMENTO PARA HABILITADOS.

    ATENDEMOS: Cubatão – Santos – São Vicente – Praia Grande – Mongaguá.

    Hoje em dia é comum a figura do Personal Trainer, aquele profissional que ajuda pessoalmente e quase que diariamente o cliente a manter sua forma física. Mas o que pouca gente conhece é o serviço de Personal Driver.

    Este é o trabalho realizado pelo instrutor Fábio Vicentini. O curso é voltado para pessoas que tem algum tipo de dificuldade, falta de confiança ou restrição para dirigir.

    O serviço é pioneiro e exclusivo na região metropolitana de São Paulo. As aulas são individuais e o instrutor busca o aluno em casa, no trabalho ou onde ele estiver para todas as atividades.

    No início do curso o instrutor avalia a habilidade do aluno e a partir daí desenvolve o melhor planejamento de trabalho, que inclui noções básicas de dirigir, situações do dia-a-dia e viagens em auto-estradas.

    Ao final do acompanhamento do Personal Driver, o aluno estará totalmente apto a enfrentar o trânsito das maiores metrópoles, bem como realizar grandes viagens com tranqüilidade e segurança.

    É importante lembrar que o aluno precisa ser habilitado e o curso não substitui as aulas obrigatórias e todo o processo para adquirir a habilitação.

    O programa de Personal Driver segue o nome bem à risca. Todas as aulas acontecem no sistema de Delivery Class, no qual o instrutor vai ao encontro do aluno, onde quer que ele esteja. O curso é tão personalizado que é o próprio cliente quem faz o seu horário.

    Para que o curso seja mais produtivo é fundamental que o aluno se sinta à vontade para aprender com naturalidade. Fábio Vicentini dá toda a estrutura necessária com carros que possuem ar-condicionado, direção hidráulica e sempre uma música relaxante no cd player.

    Além da estrutura diferenciada no sistema de aulas e nos carros utilizados no curso, outra grande diferença entre o serviço de Personal Driver e as tradicionais aulas para habilitados é a didática.

    Transmitindo sempre calma e tranqüilidade, Fábio Vicentini passa o conteúdo das aulas com clareza e precisão aos alunos. A aprovação até hoje é de 100%.

    O acompanhamento do Personal Driver tem carga de 20 horas-aulas, distribuídas conforme a disponibilidade e necessidade do cliente.

    O curso é dividido em três partes: técnicas básicas de direção, reprodução das situações do dia-a-dia e desenvolvimento de técnicas em estrada.

    Assim como numa avaliação física, Vicentini usa as primeiras aulas para enxergar como está a dirigibilidade do aluno e então fazer uma programação mais adequada a cada um.

    No início o Personal Driver desenvolve o controle dos pedais e a técnica de dirigibilidade do cliente. Estes fatores geram mais controle, segurança e facilitam a condução do veículo em situações comuns, como subidas, retomadas, contorno de curvas, desvios, mudanças de faixas e ultrapassagens.

    Após afiar a técnica para condução do veículo, o aluno passa a simular as situações que encontra no seu dia-a-dia, para se familiarizar e não ser pego de surpresa. Esta consiste em idas ao supermercado, à faculdade, ao shopping ou ao trabalho.

    Preparado para enfrentar o trânsito de uma metrópole, o aluno chega à fase final, que é aplicar seus conhecimentos na estrada. O encerramento é uma viagem, no carro do cliente, ao litoral sul de São Paulo, passando por Praia Grande, São Vicente – com parada no topo da Ilha Porchat – e Santos.
    Os alunos da baixada sobem a serra indo até São Paulo.

    Fábio Vicentini está ligado com educação ao volante há mais de 15 anos. Ele iniciou seu trabalho como instrutor em 1996, dando aulas para futuros pilotos de carros e de motos. Neste mesmo ano ele fez parte da equipe de resgate do GP Brasil de Fórmula 1.
    Faz parte do CEOC. Centro de Exelência de Oficiais de Competição reconhecida pela FIA.

    Em 1996 Vicentini iniciou seu trabalho como instrutor de direção defensiva e instrutor de teste driver (função exercida na BMW e na Volvo,GM,BMW,Ford,Kia e em 1998 passou a realizar o xclusivo serviço de Personal Driver.

    Ele também atua como piloto e instrutor de Test Drive, tanto de motocicleta quanto de carros. Atualmente também ministra aulas práticas de pilotagem competitiva na Alpie – Escola de Pilotagem, no autódromo de Interlagos, em São Paulo.

    Contato: (13) 34679848. (13) 99787-8976.

  13. Vicentini

    TREINAMENTO PARA HABILITADOS. SANTOS (13) 3467-9848.
    (13) – 34679848.
    Localiza-se em Mongaguá/SP

    Entrar em Contato com Fabio Vicentini

    ESCOLA FV.FABIO VICENTINI TREINAMENTO PARA HABILITADOS.

    ATENDEMOS: Cubatão – Santos – São Vicente – Praia Grande – Mongaguá.

    Hoje em dia é comum a figura do Personal Trainer, aquele profissional que ajuda pessoalmente e quase que diariamente o cliente a manter sua forma física. Mas o que pouca gente conhece é o serviço de Personal Driver.

    Este é o trabalho realizado pelo instrutor Fábio Vicentini. O curso é voltado para pessoas que tem algum tipo de dificuldade, falta de confiança ou restrição para dirigir.

    O serviço é pioneiro e exclusivo na região metropolitana de São Paulo. As aulas são individuais e o instrutor busca o aluno em casa, no trabalho ou onde ele estiver para todas as atividades.

    No início do curso o instrutor avalia a habilidade do aluno e a partir daí desenvolve o melhor planejamento de trabalho, que inclui noções básicas de dirigir, situações do dia-a-dia e viagens em auto-estradas.

    Ao final do acompanhamento do Personal Driver, o aluno estará totalmente apto a enfrentar o trânsito das maiores metrópoles, bem como realizar grandes viagens com tranqüilidade e segurança.

    É importante lembrar que o aluno precisa ser habilitado e o curso não substitui as aulas obrigatórias e todo o processo para adquirir a habilitação.

    O programa de Personal Driver segue o nome bem à risca. Todas as aulas acontecem no sistema de Delivery Class, no qual o instrutor vai ao encontro do aluno, onde quer que ele esteja. O curso é tão personalizado que é o próprio cliente quem faz o seu horário.

    Para que o curso seja mais produtivo é fundamental que o aluno se sinta à vontade para aprender com naturalidade. Fábio Vicentini dá toda a estrutura necessária com carros que possuem ar-condicionado, direção hidráulica e sempre uma música relaxante no cd player.

    Além da estrutura diferenciada no sistema de aulas e nos carros utilizados no curso, outra grande diferença entre o serviço de Personal Driver e as tradicionais aulas para habilitados é a didática.

    Transmitindo sempre calma e tranqüilidade, Fábio Vicentini passa o conteúdo das aulas com clareza e precisão aos alunos. A aprovação até hoje é de 100%.

    O acompanhamento do Personal Driver tem carga de 20 horas-aulas, distribuídas conforme a disponibilidade e necessidade do cliente.

    O curso é dividido em três partes: técnicas básicas de direção, reprodução das situações do dia-a-dia e desenvolvimento de técnicas em estrada.

    Assim como numa avaliação física, Vicentini usa as primeiras aulas para enxergar como está a dirigibilidade do aluno e então fazer uma programação mais adequada a cada um.

    No início o Personal Driver desenvolve o controle dos pedais e a técnica de dirigibilidade do cliente. Estes fatores geram mais controle, segurança e facilitam a condução do veículo em situações comuns, como subidas, retomadas, contorno de curvas, desvios, mudanças de faixas e ultrapassagens.

    Após afiar a técnica para condução do veículo, o aluno passa a simular as situações que encontra no seu dia-a-dia, para se familiarizar e não ser pego de surpresa. Esta consiste em idas ao supermercado, à faculdade, ao shopping ou ao trabalho.

    Preparado para enfrentar o trânsito de uma metrópole, o aluno chega à fase final, que é aplicar seus conhecimentos na estrada. O encerramento é uma viagem, no carro do cliente, ao litoral sul de São Paulo, passando por Praia Grande, São Vicente – com parada no topo da Ilha Porchat – e Santos.
    Os alunos da baixada sobem a serra indo até São Paulo.

    Fábio Vicentini está ligado com educação ao volante há mais de 15 anos. Ele iniciou seu trabalho como instrutor em 1996, dando aulas para futuros pilotos de carros e de motos. Neste mesmo ano ele fez parte da equipe de resgate do GP Brasil de Fórmula 1.
    Faz parte do CEOC. Centro de Exelência de Oficiais de Competição reconhecida pela FIA.

    Em 1996 Vicentini iniciou seu trabalho como instrutor de direção defensiva e instrutor de teste driver (função exercida na BMW e na Volvo,GM,BMW,Ford,Kia e em 1998 passou a realizar o xclusivo serviço de Personal Driver.

    Ele também atua como piloto e instrutor de Test Drive, tanto de motocicleta quanto de carros. Atualmente também ministra aulas práticas de pilotagem competitiva na Alpie – Escola de Pilotagem, no autódromo de Interlagos, em São Paulo.

    Contato: (13) 34679848. (13) 99787-8976.

  14. Diversos estrangeiros não visitarão sozinhos um país desconhecido, como Brasil, porém numa excursão em conjunto
    diversos visitarão.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Solve : *
30 + 29 =